segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Plantão Caixa Preta

VENDIDAS AS PRIMEIRAS CINCO AERONAVES DA VASP

Em leilão realizado agora há pouco na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade, na capital paulista, quatro lotes, sendo um com uma aeronave inteira e três com aviões picotados foram arrematados.
O lote mais polêmico foi o da aeronave PP-SFI, que ainda se encontra inteira, em Congonhas, com poltronas, inclusive de primeira classe, instrumentos no painel da cabine de comando e os motores. Muitos dos interessados questionavam a existência de documentação da rastreabilidade das peças, ou seja, o histórico delas, que os responsáveis pela administração dos bens disseram que poderiam ser localizados, se necessário. Esse lote, correspondente ao número 1, foi, então, deixado como último para ser leiloado para que demais interessados analisassem melhor o próprio interesse pelo avião. Após a venda das sucatas do PP-SMF, PP-SMG, PP-SMS e PP-SMU por 42 mil, 40 mil (dois lotes) e 36 mil reais, voltou-se a oferecer o Boeing 737-200 por lance mínimo de 101 mil reais.
Após uma disputa emocionante entre três interessados, o piloto executivo Ednei Capistrano da Silva  saiu vencedor: pagando na hora R$ 133 mil, ele disse levará o avião para Araraquara para servir de diversão para as crianças. Ele terá cerca de 50 dias para desmontar e retirar de Congonhas o PP-SFI.
Caixa Preta foi o primeiro órgão de imprensa a entrevistar Ednei, tão logo o leiloeiro oficial oficializou a venda.

2 comentários: